fbpx

Como obter adubo orgânico caseiro e ainda ajudar o meio ambiente

Ter plantas em casa requer atenção e disciplina, pois são seres vivos e dependem de nós, seres humanos, para uma vida plena e, consequentemente, para ficarem lindas. Elas praticamente só precisam de regas constantes – dependendo de cada espécie -, luz e (adivinhem?) alimento, que são os nutrientes. Para isso podemos adicionar ao solo adubos químicos, comprados em casas especializadas, ou produzir nosso próprio adubo orgânico caseiro. Além de oferecer os mesmos micro e macronutrientes existentes nos industrializados, a produção de adubo orgânico caseiro contribui com o meio ambiente ao reduzir nosso lixo que seria descartado nos aterros das cidades, além de ser uma boa terapia.

Praticamente tudo o que produzimos diariamente e que eventualmente descartamos em nossas casas pode ter uma nova utilização. No caso dos alimentos in natura, por exemplo, boa parte que vai para o lixo poderá ser aproveitado como “alimento” saudável para plantas, para hortas, como também para o jardim. As “receitas” de adubo orgânico caseiro são variadas e podem ser preparadas de diversas formas.

Uma das formas mais comuns e adequadas para quem tem pouco espaço, como quem mora em apartamento, é a adubação “laminar”. Esse recurso nada mais é do que a colocação do adubo orgânico caseiro na superfície do solo no entorno da planta, formando uma lâmina superficial que irá ser absorvida aos poucos a cada rega. A base para sua preparação também é diversa. No geral, você pode produzir seu adubo orgânico caseiro com pó/borra de café, com casca de banana, cascas de ovos e de vegetais, de verduras e de frutas assim como suas raspas e poupas, folhas murchas e talos. Uma dica de ouro neste caso é não utilizar restos de alimentos preparados ou processados, como o arroz, o feijão e até mesmo carnes, para evitar atrair moscas e dar mau cheiro.

Os dejetos de animais também são fontes de nutrientes para plantas, principalmente os de vaca. Para pequenos jardins ou hortas urbanas em apartamentos convém comprar pacotes com dejetos de animais em casas especializadas para misturar aos produzidos em casa com os restos de alimentos como fonte de nutrientes para as plantas.

Como fazer o adubo orgânico caseiro para plantas?

Para preparar o adubo orgânico caseiro do tipo “laminar” com restos de alimentos você só precisa juntar tudo em uma vasilha em local onde haja corrente de ar e iluminação abundantes. Deixar sob o sol fica melhor ainda. Depois de acumular uma quantidade que seja adequada para quantidade de vasos de plantas que tenha em casa é hora da preparação. Você pode realizar este procedimento a cada dois ou três meses.

MODO DE PREPARO

1 – Em um liquidificador adicione as sobras guardadas numa quantidade que o aparelho comporte bater sem dificuldade. Caso precise, adicione um pouco de água, apenas para que auxilie a triturar o alimento. Quanto menos água melhor;

2 – Ao terminar o processo, distribua toda a mistura imediatamente em seus vasos de plantas;

3 – Regue as plantas imediatamente após adicionar a mistura como cobertura do solo. Pronto!!!

regador molhando plantas horta

Para plantas, para horta e jardim: cuidados com pó/borra de café do uso diário

Quem se aventura a cultivar hortas e jardins em pequenos espaços e lança mão do adubo orgânico caseiro como fertilizante deve tomar alguns cuidados. Evitar o uso de alimentos processados e cozidos com sal e óleo, porque eles podem atrair insetos indesejados e causar mau cheiro em sua casa ou apartamento. Outro produto que se deve atentar durante o seu uso é o pó/borra de café depois de coado. Essas sobras poderão ser bastante ácidas para o solo se usadas sem alguns cuidados. Uma dica interessante dada pela empresa Yucca Plantas em um vídeo super didático é a colocação de cascas de ovos e canela na preparação do adubo orgânico caseiro. Isso deverá neutralizar sua acidez e viabilizar seu uso sem prejudicar as plantas.

Adubo orgânico caseiro para suculentas

Uma planta bastante procurada para quem não tem muito espaço nem tempo de dedicação e mesmo assim quer cultivar em casa é a suculenta. Lindas e exóticas em suas diversas espécies, elas demandam de pouco cuidado. Porém, mesmo assim elas também precisam se alimentar.

Uma receita simples de adubo orgânico caseiro para suas suculentas é o aproveitamento de cascas de ovos, que vão fornecer cálcio para a planta; cinzas de madeiras (produto da queima de lenha ou madeira), como fonte de potássio; e torta de mamona (para o fornecimento de nitrogênio) e farinha de ossos (rico em fósforo). Estes últimos são naturais e podem ser adquiridos em casas especializadas. Cuidado especial com a torta de mamona para quem tem animal de estimação em casa, pois ela é tóxica para eles.

Depois de tudo bem triturado e misturado, disperse em seus vasos uma vez a cada quinze dias e regue em seguida. As suculentas vão agradecer.

orquídeas

Adubo orgânico caseiro: qual o melhor tipo?

Quando se trata de adubo orgânico caseiro, muitas pessoas podem perguntar: mas qual o melhor tipo? Porque além do adubo orgânico caseiro que se espalha sobre o solo do tipo “laminar”, algumas pessoas também fazem uma espécie de caldo dos vegetais para regar as hortaliças e jardins. Para isso, bastar cozinhar ou bater no liquidificador os mesmos restos de alimentos já citados acima, coar e utilizar essa água que resulta. Neste caso, o mais recomendado é bater ao invés de cozinhar, pois algumas substâncias podem se perder nutrientes devido às altas temperaturas do cozimento.

De qualquer maneira, a matéria sólida que sobra após coar também pode ser dispersada no solo, proporcionando, além de nutrientes que serão absorvidos mais lentamente, uma camada de proteção na base das plantas.

cascas de banana

Com casca de banana

A casca de banana é fonte rica em Potássio para as plantas. Pode ser utilizada como componente de um mix de adubo orgânico caseiro para rosa-do-deserto.

casca ovos para adubo orgânico

Com casca de ovo

As cascas de ovos são ricas em Cálcio, Nitrogênio e Ácido Fólico. Pode ser ótimo adubo orgânico caseiro junto com outros elementos para orquídeas.

Com borra de café

A borra de café é excelente fonte de Nitrogênio. Pode ser utilizada para morangos como adubo orgânico caseiro em conjunto com outros nutrientes.

grama cortada

Com grama

A grama cortada também pode ser utilizada como adubo orgânico caseiro, pois é rico em Nitrogênio.

jaboticabeira com frutos

Com cinzas de madeira

As cinzas provenientes da queima de madeira são ricas em Carbonato de Cálcio e Potássio e ajudam a equilibrar o pH alcalino do adubo orgânico caseiro. Junto com outros produtos, como torta de mamona e farinha de ossos, as cinzas podem ser aplicadas como nutrientes para jabuticabeira.

peixes em aquário

Com água de aquário

Você sabia que a água de aquários de água doce pode ser reutilizada? Os excrementos dos peixes que ficam nela são fonte de Nitrogênio, ótimo ingrediente para aproveitamento no adubo orgânico caseiro.

Com água de alimentos cozidos

Não desperdice a água onde se cozinha os legumes. Ela ainda pode ter nutrientes que servem para as plantas de vaso. Esta água pode ser aproveitada para regar as plantas e serve como adubo orgânico caseiro.

Fonte: Ciclo Vivo

Homeopatia Brasil oferece produtos para uso na agricultura orgânica

Vale lembrar que os produtos Agro e Horta & Jardim da Homeopatia Brasil têm o certificado do IBD, sendo permitido seu uso na agricultura orgânica.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Fale com a Homeopatia Brasil

O que você achou do artigo? Deixe aqui seu comentário que retornaremos o mais rápido possível.

Quer saber mais sobre o produto Lorem Ipsum?

Nos envie uma mensagem que tiraremos suas dúvidas!

×