O que é Nux vomica, para que serve e onde comprar

O que é Nux vomica? Nux vomica, cujo nome científico é Strychnos nux-vomica, é uma planta venenosa, extraída das sementes de uma árvore também conhecida como noz-vomica, noz-vomitória ou fava-de-santo-inácio.

Na homeopatia, o medicamento elaborado a partir da Nux vomica tem origem da tintura-mãe dos grãs secos dessa árvore. Após o processo de dinamização, a substância torna-se um medicamento homeopático de efeito garantido e seguro.

Mas, para que serve a Nux vomica? Na homeopatia, a Nux vomica é muito útil em casos de enjoos, dispepsias (indigestão, queimação, gases) e gastrite crônica. Apresenta ótimos resultados em casos de náuseas e vômitos que ocorrem após procedimentos cirúrgicos e, também, para aliviar os sintomas da ressaca.

A Nux vomica é também indicada para tratar ansiedade, insônia, distúrbios respiratórios e circulatórios. Nesse artigo, vamos ver detalhes a respeito desses tratamentos, outras recomendações de uso e onde comprar Nux vomica.

Para que serve a Nux vomica?

A Nux vomica contém vários princípios químicos, entre os quais podemos destacar a estricnina e a brucina. Esses são os mais importantes em relação à ação toxicológica e terapêutica do medicamento. Quando a Nux vomica é utilizada por pessoas saudáveis, o medicamento causa hiperexcitabilidade e hipersensibilidade, além de produzir espasmos. Isso se deve principalmente à ação da estricnina.

Mas, afinal, para que serve a Nux vomica? Os compostos da Nux vomica agem principalmente sobre o sistema nervoso e digestivo e têm, também, efeitos importantes nos sistemas respiratório e cardiovascular.

De acordo com a AMHB (Associação Médica Homeopática Brasileira), o uso da Nux vomica, do ponto de vista do comportamento, “ajuda principalmente as pessoas impulsivas, ambiciosas, intolerantes ao fracasso e à frustração. E as que reagem aos problemas de forma agressiva e em alguns casos usam da violência”. (Veja mais sobre as recomendações do uso da Nux vomica pela AMHB aqui.)

Para que serve a Nux vomica

A aplicação de Nux vomica atende aos princípios da Homotoxicologia. Esta terapêutica considera as enfermidades como a expressão de uma resposta defensiva do organismo contra as toxinas produzidas pelo próprio organismo, ou ingeridas, ou inaladas, ou o resultado de danos tóxicos que o organismo tenta compensar, com a finalidade de restabelecer dentro do possível o equilíbrio biológico.

Este conceito de tratamento nasceu na terapêutica homeopática, que está embasada no princípio da similitude, na lei de cura e na patogenia das substâncias medicamentosas descritas nas Matérias Médicas Homeopáticas, bem como, nos conceitos da imunologia.

Nux vomica para tratar ansiedade

De acordo com o médico homeopata Guillermo Basauri, em artigo publicado no site Hablando de homeopatia, o uso da Nux vomica é indicado para pessoas geralmente “de natureza ambiciosa, com grande necessidade de realizações rápidas e tangíveis. Possuem grande autoconfiança e grande capacidade de iniciativa pessoal. Perfeccionistas até o limite, com forte senso de dever. São muito competitivas, mas sabem reconhecer e valorizar as capacidades dos adversários, e muito exigentes consigo mesmas. Talvez se uma palavra pudesse descrever a dinâmica da pessoa especialmente sensível a Nux vomica, fosse impulsividade”.

Ainda de acordo com o médico, essa impulsividade pode deixar essas pessoas muito sensíveis ou nervosas. Com isso, podem se tornar pessoas intolerantes e irritáveis, com grande tendência a um quadro de ansiedade.

Nesse estado de sobrecarga, o fígado e sistema nervoso podem começar a não funcionar adequadamente e, a partir de então, gerar vários sintomas que, embora a princípio tendam a ser de natureza funcional, podem evoluir para graves problemas de saúde.

+LEIA MAIS: Homeopatia para ansiedade: a cura para o mal dos novos tempos

Dentre esses problemas de saúde, está a ansiedade, que gera irritabilidade e nervosismo exagerado. A Nux vomica, no caso do sistema nervoso, é medicamento muito recomendado, pois trata de forma segura os distúrbios emocionais. (veja outras recomendações de uso de Nux vomica abaixo).

Nux vomica para tratar insônia

Nux vomica para tratar insônia

Na homeopatia é fundamental avaliar a forma particular como cada paciente apresenta enfermidades e seus sintomas, para que o remédio adequado possa ser indicado corretamente pelo especialista. Por esse motivo, a avaliação individual, com análise do histórico de saúde-doença de cada pessoa, é fundamental.

Mas, de forma geral, a Nux vomica é um medicamento muito recomendado para quem sofre de insônia. Em especial para pessoas que acordam de madrugada, preocupadas com seus problemas e, depois, durante o dia, se sentem ansiosas, cansadas e densas.

+LEIA MAIS: Homeopatia para dormir: sua saúde merece um descanso

Para além do tratamento para insônia, a Nux vomica é muito utilizada em vários outros quadros. É o caso das já citadas desordens digestivas (sensação de peso no estômago que piora dentro de uma ou duas horas após a refeição; tendência a náuseas e vômitos, excesso de gases após as refeições, cólicas abdominais, constipação, hemorroidas.

A Nux vomica apresenta, também, bons resultados no tratamento de distúrbios respiratórios e otorrinolaringológicos (quando o paciente fica muito facilmente resfriado, tem rinite alérgica, febres, calafrios, crise de asma) e distúrbios cardiovasculares (hipertensão, por exemplo).

Outras recomendações de uso da Nux vomica na homeopatia

De acordo com a AMHB, “a escolha de um medicamento homeopático é complexa, sendo feita de forma individualizada e após uma consulta detalhada. É importante que a maioria dos sintomas físicos e emocionais, tenham semelhança com as características do medicamento. Dessa forma, o paciente que precisa da Nux Vomica, normalmente, tem uma boa constituição física e não sofre de doenças graves. Porém, seu órgão fraco é o fígado.

Nesse sentido, as queixas comuns entre essas pessoas estão relacionadas diretamente com o sistema digestivo. Apresentam principalmente sono acentuado após as refeições e uma sensação de confusão, como se fosse uma “ressaca”, ao acordar pela manhã.

Outras recomendações de uso da Nux vomica na homeopatia

O paciente Nux vomica também pode manifestar mau humor pela manhã e após as refeições, principalmente ao meio-dia; sensação de peso no estômago, constipação, cólicas abdominais, entre outros sintomas. No entanto, problemas respiratórios, cardiovasculares e musculares, também são frequentes nesses pacientes.

Esse medicamento ativa a função hepática, sendo uma ótima droga para os efeitos do abuso do álcool e nos problemas hepáticos iniciais. Além disso, é usada para amenizar as cólicas infantis e a cólica biliar. E, também, pode ser útil em pacientes que sofrem de convulsões. Nesse sentido, a Nux vomica atua ainda em dores de cabeça devido ao excesso de trabalho ou relacionadas ao uso de estimulantes. Como também auxilia em casos de irritabilidade, entre outros vários desconfortos”.

Onde comprar e como tomar Nux vomica

Onde comprar Nux vomica? Você pode encontrar Nux vomica na farmácia da Homeopatia Brasil.

A Nux vomica é um medicamento é de uso por via oral. O paciente deve tomar as gotas prescritas com um pouco de água. A posologia mais usual é de 10 gotas 3 vezes ao dia por uma semana. Nos casos agudos, inicialmente tomar 10 gotas a cada 15 minutos, por um período de 2 horas.

A personalidade do paciente Nux vomica

De acordo com o homeopata Guillermo Basauri, o paciente Nux vomica, do ponto de vista da personalidade e comportamento, é uma pessoa que não consegue ver suas limitações, ou as dos outros, e que se esforça para ultrapassar seus limites. Pode, eventualmente, exagerar e até comprometer sua saúde e seus relacionamentos mais íntimos e próximos. Para essas pessoas o “não posso” não é uma opção e elas vão forçar sua máquina a atingir seus objetivos a qualquer custo.

A personalidade do paciente Nux vomica

Como estabelece para si uma sobrecarga acima do normal, é comum o paciente de Nux vomica abusar do uso do álcool, do café ou outra substância que o ative. E, nesse caso, sua irritabilidade ficará ainda mais aparente. “Eles ficam zangados, exigentes, mal-humorados, rudes e sem diplomacia. Ele não tolerará ser contradito por responder com reações excessivas de raiva. Se a situação persistir e ele não conseguir entender que precisa parar, descansar e aceitar que não é todo-poderoso e que tem limites, seu estado emocional pode evoluir para uma depressão hostil com aversão a companhia e até impulsos suicidas”, diz o médico em seu artigo.

Considerando esses aspectos da personalidade Nux vomica, o médico apresenta em seu artigo uma lista de dicas de mudança de comportamento, a qual reproduzimos abaixo:

O que o paciente Nux vomica deve aprender para encontrar o equilíbrio e não cair na própria armadilha da autodestruição?

  • Essa vida é uma corrida de longa distância em que algumas coisas acontecem rapidamente, mas outras requerem longos processos cheios de paciência.
  • Que a vida é um processo de crescimento constante baseado na “aprendizagem por tentativa e erro”. Nada é um fracasso se uma experiência de crescimento for traçada.
  • Que somos todos importantes, únicos e valiosos. Não apenas o “melhor”, o mais eficiente e produtivo.
  • Que todos temos nossos limites e que devemos ouvir o corpo e saber parar para continuar com esperança e força renovada.
  • Que nem tudo é válido para atingir um objetivo.
  • Que a meta mais nobre é degradada quando usamos significa falta de amor e consideração para com os outros e para com tudo o que nos rodeia.
  • Que ninguém está sempre certo. Mesmo os mais espertos estão errados.
  • Só isso, talvez, você chegue mais rápido, mas na companhia você vai mais longe.
  • Esse pragmatismo, capacidade de trabalho e liderança, paixão, perfeccionismo, autoconfiança, são valores autênticos quando somos capazes de envolvê-los com paciência e delicadeza.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram