fbpx

Você sabia que óleo de coco reduz o mau hálito?

Que o óleo de coco tem mil e uma utilidades, todo mundo já sabe, mas uma delas que é pouco difundida é seu uso como enxaguante bucal para reduzir o mau hálito. Além disso, também é cientificamente comprovada sua eficácia no combate às cáries. Isso mesmo!

Um estudo publicado no PubMed* concluiu que o óleo de coco é tão eficaz quanto a clorexidina na redução da bactéria Streptococcus mutans na boca, que é o microrganismo mais comum de causa da cárie dentária. 

A clorexidina é um antisséptico químico, com ação antifúngica e antibactericida, muito utilizada no tratamento anti-cárie. Como o óleo de coco é reconhecido por sua ação anti-inflamatória e antimicrobiana, os cientistas decidiram realizar o referido estudo para determinar a eficácia antibacteriana do óleo de coco e compará-lo com a da clorexidina.

O estudo foi realizado com 50 crianças, durante 30 dias, sendo que 25 delas fizeram bochechos com o óleo de coco e 25 fizeram bochecho usando a clorexidina.

Os resultados dos estudos mostraram que há uma diminuição estatisticamente significativa de S. mutans tanto na contagem feita na saliva das crianças que bochecharam com o óleo de coco quanto na feita com o grupo que usou clorexidina. Além disso, os pesquisadores observaram que, comparando o óleo de coco com a clorexidina, não há alteração estatisticamente significativa em relação à eficácia antibacteriana.

Como usar óleo de coco para combater o mau hálito?

No caso do mau hálito, o procedimento é o mesmo daquele feito no estudo mencionado acima. Basta misturar uma colher de sopa de óleo de coco a meio copo de água. Depois de escovar os dentes, faça bochechos por alguns minutos. As bactérias que permaneceram na dentes e na língua, mesmo após a escovação, tendem a se “prender” ao óleo e são expelidas quando você cospe o óleo.

Mas é claro que o óleo de coco sozinho não faz milagre na busca por um hálito mais puro. Existem inúmeras bactérias na boca e elas criam uma espécie de “filme” sobre os dentes. A essa camada fina aderida aos dentes damos o nome de placa bacteriana.

Para eliminá-la, a higiene da boca deve ser cuidadosa e diária. Vamos ver alguns cuidados básicos:

Água, alimentação e higiene são fundamentais para ter o hálito mais puro

Para ajudar no combate ao mau hálito, você deve ingerir alimentos de fácil digestão, como saladas cruas, por exemplo. Também deve beber muita água; escovar os dentes da maneira correta e passar fio dental todos os dias.

Para escovar os dentes de uma maneira mais eficiente, use pouco creme dental, porque o excesso de espuma pode dar a falsa impressão de limpeza. O ideal é colocar apenas uma pontinha de creme na escova, equivalente a um grão de feijão. Use uma escova macia e massageie a gengiva, esfregue bem a língua, o céu da boca e o interior das bochechas.

A ACFF (Aliança por um Futuro sem Cáries)** recomenda que os dentes devem ser escovados por dois minutos, duas vezes ao dia (manhã e noite).

Beber bastante água ajuda a manter as mucosas hidratadas, o que é um forte aliado para manter o hálito mais puro. O ideal é beber, pelo menos, 2 litros de água por dia.

Ao se alimentar, escolha alimentos de fácil digestão, como as citadas saladas cruas e, também, legumes cozidos.

Para os lanches ao longo do dia, as frutas são boa opção. A maçã, especificamente, tem ação adstringente e é ótima para ajudar a manter o hálito puro. De acordo com reportagem publicada pelo Portal Uol de notícias, as fibras da maçã também “limpam os dentes, enquanto as propriedades antibacterianas do alimento impedem que bactérias e vírus infectem a boca. Além disso, as maçãs também estimulam a secreção de saliva (um composto alcalino), reduzindo a capacidade das bactérias se multiplicarem e crescerem na boca, o que previne o aparecimento de cáries e mantém a saúde bucal”.

Outra recomendação da ACFF é diminuir a ingestão de açúcar. “Quanto menos você come açúcar, menos ácido atacante do esmalte é produzido por bactérias na boca. Isso significa que o esmalte tem a chance de voltar a mineralizar e não corroer em cavidade”

Dicas caseiras para combater o mau hálito

Mastigar cravos-da-índia, um pedacinho de gengibre ou até folhinhas de hortelã pode ajudar a dar uma sensação de hálito mais puro. Além de serem aromáticos, esses itens têm propriedades antissépticas que ajudam no combate a micro-organismos que podem estar na boca.

Água oxigenada ajuda a combater a halitose?

Um antisséptico caseiro muito conhecido é o bochecho feito com água oxigenada. Ele tradicionalmente é usada para eliminar a saburra lingual (aquela camada esbranquiçada que é mais presente na parte de trás da língua e é formada por bactérias, restos de alimentos e descamação da mucosa).

Esses resíduos vão se acumulando nessa região da língua, porque ela é uma parte mais seca e mais difícil de ser higienizada. O bochecho ajuda a alcançar essa área mais facilmente. Mas, segundo o Centro de Excelência em Halitose, hoje em dia é muito fácil encontrar enxaguantes bucais a base de dióxido de cloro que têm uma função mais eficiente no combate à saburra língua.

Se preferir, ainda assim, fazer o bochecho com água oxigenada. Consulte seu dentista, porque o uso inadequado do produto pode trazer problemas à gengiva, à mucosa e prejudicar o esmalte do dente.

Consulte o dentista regularmente!

Lembre-se! Nenhuma dessas dicas substitui as idas periódicas ao dentista e, se necessário, consultas médicas, uma vez que mau hálito também pode ser causado por problemas de saúde como rinite ou má digestão.

*PubMed é principal base de dados do mundo sobre pesquisas biomédicas e tem mais de 30 milhões de citações de literatura da área da saúde

**A ACFF (Aliança por um Futuro Sem Cáries) é uma organização global sem fins lucrativos comprometida em lutar contra o início e a progressão da cárie dentária. A Aliança existe desde 2010 e reúne um grupo de profissionais de odontologia numa rede internacional de informação e combate à carie. Se quiser saber mais, clique aqui

Veja outros:

Fale com a Homeopatia Brasil

O que você achou do artigo? Deixe aqui seu comentário que retornaremos o mais rápido possível.

Quer saber mais sobre o produto Lorem Ipsum?

Nos envie uma mensagem que tiraremos suas dúvidas!

×