Mitos e verdades sobre a homeopatia

Muito se vê em sites de busca ou em publicações nas redes sobre a efetividade do uso da homeopatia para a saúde humana, animal e do sistema solo-planta. Centenas de estudos comprovam a eficácia dos medicamentos homeopáticos em diversas áreas. Além de inúmeros registros positivos em tratamentos em seres humanos, os resultados bem sucedidos em animais e em plantas demonstram que de placebo a homeopatia não tem nada.

Aqui mesmo em nosso blog diversos textos registram tratamentos de sucesso realizados em animais, como no caso do cão Zeus, que por sua condição após contrair cinomose teve como sugestão seu sacrifício. Porém sua tutora decidiu iniciar um tratamento com remédios homeopáticos e viu seu animal retomar uma condição de vida melhor, o que parecia impossível na visão de alguns veterinários na época. O uso da homeopatia na agricultura também aponta para inúmeras pesquisas cujos resultados têm ajudado pequenos agricultores a melhorar suas produções em controles de pragas e doenças e melhoria nutricional das plantas.

Abaixo, veja mitos e verdades sobre a homeopatia:

medicamento-homeopático-é-placebo
homeopathy. globules as alternative medicine. lying on a stone.

Existe idade ideal para começar a tomar remédio homeopático?

Desde que prescritos por profissionais da área, os medicamentos homeopáticos podem ser ministrados para todas as idades, de bebês a idosos, por ser um medicamento de ação mais suave e seu uso proporcionar um tratamento seguro.

Medicamento homeopático é placebo?

A homeopatia não é placebo. O placebo é uma substância que não possui nenhuma ação contra uma determinada doença, mas, muitas vezes, ajuda o paciente na cura pelo simples fato dele acreditar que será curado. A homeopatia funcional de fato; é ciência de alta tecnologia e tem propriedades farmacológicas muito bem definidas e de efeitos cientificamente comprovados. (Leia aqui a entrevista com cientistas que afirmam que homeopatia funciona e explicam porque ela não é placebo)

O tratamento com remédio homeopático é lento?

O medicamento homeopático age rapidamente em casos agudos, além de ser efetivo no tratamento de infecções. O que acontece é que as pessoas tendem a procurar o médico homeopata quando o problema agudo se tornou crônico. Naturalmente, estes casos precisam de mais tempo para a cura da doença. Ainda existem outros problemas de saúde como asma alérgica, artrite e problemas na pele, que exige um tratamento mais longo independente do sistema de tratamento escolhido, seja ele convencional ou homeopático.

homeopatia-funciona-em-animais

Homeopatia funciona em animais?

Todo animal, de qualquer espécie, porte ou idade, pode ser beneficiado pelo uso da homeopatia. O importante é encontrar a melhor forma de administrar para cada espécie a ser tratada. A homeopatia veterinária percebe e entende o animal como um todo, através da história de vida, além de exames clínicos e complementares.  Isso faz com que haja cura por meio da homeopatia para as doenças curáveis e, para doenças incuráveis, haja um controle efetivo, gerando qualidade de vida, sem os efeitos indesejados de medicamentos alopáticos, como sua toxicidade, efeitos colaterais intensos e possível dependência.

homeopatia-para-câncer-funciona

Homeopatia funciona para câncer?

A homeopatia é uma terapêutica que se dedica a restabelecer o equilíbrio dos organismos vivos, proporcionando o restabelecimento das sensações e funções dos mesmos. De acordo com o farmacêutico e especialista em homeopatia Alexandre Leonel, responsável pela Homeopatia Brasil, nos casos de doenças caracterizadas por uma grande desarmonia dos padrões da homeostase do organismo, como é o caso dos cânceres, a homeopatia funciona como uma importante alternativa auxiliar aos tratamentos recomendados pela oncologia clássica. “Estudos realizados com pacientes oncológicos que foram submetidos a tratamento homeopático, concomitantemente ao tratamento clássico, demonstraram que estes apresentaram melhora na qualidade de vida, redução da intensidade dos sintomas de dor, náuseas e outros desconfortos decorrentes do tratamento alopático, além de significativa melhora no aspecto emocional”, disse o especialista.

Com informações da AMHB (Associação Médica Homeopática Brasileira).

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram